Vivendo e Aprendendo

 

O projeto “Vivendo e Aprendendo”, em desenvolvimento desde 2011, assenta no conceito de comunidade educativa/comunidade de aprendizagem, envolvendo os alunos de Alvorninha (tal como são, com o que sabem, com as suas aspirações e a sua energia) e os idosos do Centro de Dia (como repositórios das memórias e história da freguesia e como exemplos vivos de quem venceu a adversidade).
Aos alunos é dada a oportunidade de ler trechos das obras escolhidas pelos idosos, de ouvir histórias, canções e versos de outros tempos, de conversar, apreender e perceber como vivem os mais velhos, o que sentem e a que aspiram. Dão sentido às aprendizagens formais da escola, atuando em conjunto, numa lógica de trabalho colaborativo, no desenvolvimento de diversas iniciativas e eventos. Envolvem-se na elaboração de adereços e cenários, registos escritos de histórias, canções e versos apresentados pelos idosos, preparação de leituras encenadas e na dinamização de atividades de expressão plástica e dramática e do ensino experimental das ciências tão do agrado dos idosos.
Aos idosos é dada a oportunidade de realizar os seus desejos em aprendizagens, de braço dado com as crianças, que podem ser tão simples como poderem usar uma mochila, folhear um livro de histórias, escrever num caderno de linhas (o que muitos não puderam fazer enquanto crianças)!

Versos Quase Matemáticos

 
Aconteceu mais um Café dos Poetas, no dia 29 de janeiro. Desta vez, foi a matemática que serviu de motivação! A leitura de poemas do livro "Versos Quase Matemáticos", de João Pedro Mésseder, encantou todos os presentes e mostrou como a matemática pode ser divertida!

Somos uma...